06 setembro 2011

O que é estilo?

Já parou para refletir sobre O que é Estilo? 

Filosofando um pouco somente sobre a palavra "ESTILO" veremos que estilo é o jeito, forma ou maneira. Simples assim! 

Existem diferentes "FORMAS" de várias coisas. São estilos de pintura, estilos de linguagem, estilo musical, estilo de cabelo, estilo de vida, estilo romântico...  "JEITO" diferente, jeito de se vestir...

Parece simples vendo desse ponto de vista, mas fica um tanto complexo quando adicionamos o elemento "ser humano" nessa complexidade de estilos diferentes. Ai, ai, ai... ai complica tudo mesmo!

Agora o estilo aparece como uma determinada forma de apresentação (perante a sociedade) que possuem os mesmos elementos. Temos como exemplo as obras de arte, ou melhor, vamos escolher o ESTILO de Van Gogh (um de seus quadros à direita) para mostrar como determinamos um estilo. 


Se analisarmos suas obras perceberemos que praticamente todas possuem vários aspectos comuns entre si, como as pinceladas forte e a predominância de cores mais abertas, como o amarelo e o azul. Vale lembrar que o estilo demora um tempo até ser estabelecido. 

Sendo assim, já temos dois pontos importantes de identificação do que é estilo: é a maneira como as coisas são; também é uma forma de apresentação com os mesmos elementos. 

Meio viagem esse papo, né?

E agora passando para o lado da moda. Moda e estilo tem tudo a ver, não é mesmo?

O estilo na moda pode se referir às tendências da moda, tipo: estilo romântico, estilo roqueiro, estilo hippie chic e por aí vai. Ou também pode ser referir a algo mais, como o bom e muitas vezes inalcançável estilo de se vestir, ou simplesmente "O" estilo da pessoa.


Jóias, combinam com o estilo de Hebe Camargo. Agora tenta coloca essas mesmas joias na repórter Fátima Bernardes, não rola!

Sabe quando você vê aquele vestido lindo, todo decotado com uns brilhos e aí comenta: "Lindo! Mas não faz meu estilo." Pronto, você tem um estilo, pode até não saber qual é, mas sabe que tem algum. 


Não saber qual é o seu estilo muito é comum já que as informações que temos sobre moda hoje são muito passageiras e rápidas. É muita informação para uma só cabeça, ou melhor, um só corpitcho!

Todos tem algum estilo, mesmo que o estilo seja brega, é um estilo, não é mesmo? O cearense Falcão faz isso em grande estilo! 


O estilo brega é de brincadeira, mas somente Falcão poderia fazer uma composição digna de aplausos bregas!

Muito errado pensa que quem tem estilo é somente quem anda com roupas clássicas, com cores neutras e cortes mais tradicionais como as da Coco Chanel. Estilo é diferente de elegância.


Um bom exemplo (diferente do comum) de pessoas com estilo, são os motociclistas. Super estilosos, não são? Vejo muito marmanjo já velho usando roupas no melhor estilo "motociclista", e sei que se esses motociclistas tirarem sua jaqueta de couro ficarão completamente desconfigurados. É o estilo que escolheram seguir e que super combina com eles, é da personalidade de cada um. E estão bem vestidos sim!


A meio punk, meio roqueira, meio emo Avril Lavigne, tem como imaginar ela num vestido decotado, coladinho e sensual completando o look meio "periguete" com um mega salto? Não dá!

Ter estilo é respeitar sua personalidade, ter seu jeito próprio de se vestir e não se deixar levar pelos modismos que não combinem com você. É saber que pode usar os elementos que foram lançado na última estação de acordo com seus gostos. 


Mas é importante lembrar-se que em determinados eventos realmente não rola ir com a mesma roupa do seu cotidiano. Ser bitolado com um só estilo de roupa e fazer dela um uniforme inclusive para ir a cerimônias importantes não convém! Até porque existem meios de revelar o seu estilo em ocasiões importantes mesmo com as "roupas padrões" como um terno. 

Percebe-se que muita gente que tem mais de um estilo, é bem comum. Ou então pessoas que misturam alguns estilos formando um novo, tipo punk chick, outras são meio romântica gótica... É legal brincar com os diferentes estilos, até encontrar o seu, ou os seus!

Algumas pessoas dizem que estilo vem de berço, acho que meu berço só tinha bichinhos de pelúcia mesmo, não apoio muito essa ideia mas entendo quem pense assim. 

Tem gente que demora um pouco até descobrir seu verdadeiro estilo. Muitas vezes quando somos mais jovens vamos tentando nos encaixar em um determinado grupo social e acabamos por mudar a roupa, o sapato e até o jeito de agir. A adolescência é um período de descobertas, tentativas e erros.Tudo bem ir testando alguns estilos diferentes, no meu caso, durante minha adolescência, fui bem patricinha no começo, depois fui roqueirinha ruiva e até meio hippie... risos a parte, o pessoal comentava falando que eu estava "mudada", e era verdade. Mas nenhuma dessas "modinhas" ficaram por muito tempo. Me serviu para me trazer mais possibilidades! Hoje ainda uso o tennis all star do mesmo jeito de quando eu era "roqueira", só que agora o all star é estampado de oncinha! E minhas calças hippies? Parei, mas continuo gostando de calças mais largas e de tecido molinho. E aquele tie-die é lindo, mas agora se limitam apenas para umas blusas! 

Tem gente que ainda não se definiu. Isso faz parte do processo. 


Misture alguns elementos ao seu visual, faça novas combinações para o seu dia a dia e escolha suas roupas com coerência e sabedoria. Saiba analisar o seu PERFIL e suas principais atividades do cotidiano.  

2 comentários:

Mariana disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Poia, eu lembrei sabe do que? Daqueles dreads coloridos com linha que vc fazia no seu cabelo e inventou no meu também! Lembra? Realmente... ainda bem que alguns estilos amadurecem! Gostei desse post...rsrs
Bjos e tá de parabéns!

Mara Silveira disse...

Poxa Mariana... esses dreads são segredo de estado, kkkk.. como a senhora difama assim minha imagem? Eu fazia aqui em todo mundo! Será que tem foto na casa da vovó?

As mais populares